Respondido

A NOS bloqueou-me porque eu não aceitei ter publicidade personalizada na TV. Alguém mais passou ou está a passar por isto?!



Mostre a primeira mensagem

98 Comentários

Nao deve estar a entender bem o que se pediu, a escolha é entre ter publicidade personalizada, baseada nos seus dados de utilizador, ou publicidade genérica.

No meu caso escolhi publicidade genérica

Se nao se entender com o menu da Iris, pode entrar na sua área de cliente>dados de conta>gerir autorizações, e ai pode optar pela publicidade personalizada ou genérica.

 


A box não me deu essa opção, ponto! Obrigado pela ajuda.

Reputação 7
Crachá +6

Bem-vindo ao Fórum NOS @absousa
Lamentamos o transtorno causado. 

@HASPT e @absousa, movemos os vossos comentários para um tópico já existente. Assim, garantimos a boa organização do Fórum. 

Obrigado

Reputação 1

Olá, os termos e condições aqui funcionam como qualquer outro site ou app, por exemplo, que instale e que tem de aceitar os termos e condições para se responsabilizar. Penso que não será nada do outro mundo.
Mas qual é a sua box?

NOS!

OK, mas, em qualquer site ou app eu não pago antecipadamente como neste caso.

É uma questão de princípios, se a Operadora me dá a escolha de Aceitar ou Não Aceitar, devia ser tomada em consideração a escolha do Cliente! Será que eu estou errado???

O Verdadeiro problema é que TODOS aceitam sem questionar,  isso faz com que Empresas como a NOS comunicação sa tenham o “PODER”, de lixar quem realmente tem coragem de lhes fazer frente! 

Reputação 1

@LMCS 666 Boa tarde, no meu caso eu vi essa atualização e confesso nem li tudo, apenas que tinha a ver com a emissão de programas e aceitei imediatamente, é como os cookies, aceita ou não aceita, aceito tudo e assim vou evitando males maiores. Isso não tem nada a ver com publicidade, são pro-formas que obrigam as Operadoras a confrontar os clientes. Responda SIM e está resolvido o problema.

Perdoe-me mas, aceitar tudo é como “baixar” as calças e dizer “xxxxxx”!!!

Reputação 7
Crachá +6

Olá @absousa e @HASPT

@absousa o @HASPT deu uma boa ajuda! :slight_smile:

É normal os Termos & Condições serem atualizados. O serviço de  TV não se mantém sempre igual, estamos constantemente a lançar serviços e funcionalidade novas. Por isso, é natural que lhe queiramos dar a conhecer as suas regras de utilização. Os Termos & Condições devem ser alterados sempre que se lançam ou se descontinuam serviços ou funcionalidades, ou ainda por imposição dos próprios fornecedores de conteúdos.
Se não quiser mesmo aceitar não vai conseguir continuar a utilizar o seu serviço de televisão mas não há razão para não aceitar, não muda as condições contratuais que tem com a NOS. Para termos a confirmação que conhece as regras de utilização do serviço TV é preciso termos o seu consentimento. 

Obrigada 

Reputação 3

Questao levantada pelo P.s.

Ora, “com a introdução desta novidade, estas operadoras de televisão vêm alterar materialmente as condições de acesso aos serviços contratados pelos consumidores, interferindo na sua liberdade de acesso a conteúdos gravados, como descrito nos serviços que contrataram, e alterando o equilíbrio contratual entre as plataformas e os consumidores no sentido de gerar maior valor do consumidor”, prossegue o Partido Socialista

Reputação 2

A empresa impôs uma politica de alteração das condições de contrato sem consultar o cliente. Concretamente, decidiu sem consultar o cliente, forçar a aceitação da visualização de vídeos publicitários antes de se iniciar um programa previamente gravado. Não fazendo esta aceitação obrigatória, o cliente perde algumas funcionalidades  e serviços que estavam  nas condições iniciais do contrato. Trata-se assim de uma clara violação do contrato de prestação de serviços que foi efectuado por um período de dois anos entre o cliente e a NOS - Comunicações SA.

 Ou a NOS - Comunicações SA repõe as condições contratuais iniciais, ou então, após consulta do cliente, e em comum acordo com este, estabelecem um novo pacote de serviços com um preço e condições ajustado à nova realidade. Um operado te telecomunicações não pode alterar as condições de contrato com um cliente de uma forma unilateral, e sem consultar o respectivo cliente. 

Reputação 2

A empresa impôs uma politica de alteração das condições de contrato sem consultar o cliente. Concretamente, decidiu sem consultar o cliente, forçar a aceitação da visualização de vídeos publicitários antes de se iniciar um programa previamente gravado. Não fazendo esta aceitação obrigatória, o cliente perde algumas funcionalidades  e serviços que estavam  nas condições iniciais do contrato. Trata-se assim de uma clara violação do contrato de prestação de serviços que foi efectuado por um período de dois anos entre o cliente e a NOS - Comunicações SA.

 Ou a NOS - Comunicações SA repõe as condições contratuais iniciais, ou então, após consulta do cliente, e em comum acordo com este, estabelecem um novo pacote de serviços com um preço e condições ajustado à nova realidade. Um operado te telecomunicações não pode alterar as condições de contrato com um cliente de uma forma unilateral, e sem consultar o respectivo cliente. 

Reputação 2

Olá @absousa e @HASPT

@absousa o @HASPT deu uma boa ajuda! :slight_smile:

É normal os Termos & Condições serem atualizados. O serviço de  TV não se mantém sempre igual, estamos constantemente a lançar serviços e funcionalidade novas. Por isso, é natural que lhe queiramos dar a conhecer as suas regras de utilização. Os Termos & Condições devem ser alterados sempre que se lançam ou se descontinuam serviços ou funcionalidades, ou ainda por imposição dos próprios fornecedores de conteúdos.
Se não quiser mesmo aceitar não vai conseguir continuar a utilizar o seu serviço de televisão mas não há razão para não aceitar, não muda as condições contratuais que tem com a NOS. Para termos a confirmação que conhece as regras de utilização do serviço TV é preciso termos o seu consentimento. 

Obrigada 

Desculpe? Como não mudam? Então contrata um serviço que tem gravações automáticas, e agora deixa de ter….? Se a NOS pode mudar as condições contratuais, pode muito bem, se assim o entender, apagar todos os canais de TV aos clientes, deixando apenas a TVI ou a SIC! Se o cliente assinou um contrato que inclui um conjunto de funcionalidades e estas deixam de funcionar, existe claramente uma violação do contrato.

Reputação 2

...o drama, o horror, a tragédia…

:joy:Nada disso. Apenas um pouco mais de respeito pelos consumidores e lógica comercial.

 

E não se compare isto com o Youtube. No Youtube os conteúdos são grátis e há que encontrar formas de monetizar os acessos de forma a incentivarem a produção de conteúdos. Mas mesmo no Youtube está cada vez mais intrusivo, se bem que se consegue interromper rápido. Um anúncio que pode atingir os 30 segundos É/PODE SER altamente intrusivo na experiência do cliente (é que na gravação também pode haver, e geralmente, há publicidade, com a vantagem de se poder andar rápido para a frente/trás e até poderá estar aqui o mais forte argumento dos canais/operadores/anunciantes)

ERh… eu não “PAGO” para ver o youtube… é um serviço que eu utilizo, de forma “gratuita”. Claro que a troca a fazer é que a google fica com os meus dados, gostos, etc, isso já sabemos. Aqui no caso da NOS é diferente: eu PAGO 63 euros todos os meses. De hoje para amanhã, mudam as condições contratuais, e quando for realizar uma chamada telefónica, colocam publicidade após a marcação do numero… Estamos a comparar serviços diferentes. EU PAGO para ter um serviço. Quando contratei o serviço, sabia o que constava do contrato. Se a operadora pode mudar as condições de forma unilateral sempre que quiser, estamos bem arranjados.

 

Reputação 7
Crachá +5

@Miguel Aljustrel Parece que no fim do  comunicado,  é apresentada a opção de aceitar ou não.  No meu caso, não li e aceitei. Mais publicidade ou menos, não me perturba, além do mais, esta é uma condição imposta por todas as Operadoras. 

Reputação 7
Crachá +2

Não precisa de consultar. No contrato a NOS indica poder fazer alterações e o senhor aceitou.

Reputação 2

Pois Claro! E se a NOS quiser aumentar a mensalidade para 100€ também pode, não é? E se quiser ganhar dinheiro vendendo publicidade a terceiros com base nos meus dados pessoais, também pode não é assim? E que tal colocar publicidade durante uma chamada telefónica? Também pode, não? Ou já agora, extinguir o serviço de Internet sem aviso, por exemplo… Haja Paciencia! 

Reputação 2

@Miguel Aljustrel Parece que no fim do  comunicado,  é apresentada a opção de aceitar ou não.  No meu caso, não li e aceitei. Mais publicidade ou menos, não me perturba, além do mais, esta é uma condição imposta por todas as Operadoras. 

Sim, mas lá pelo facto de todas as operadoras terem optado pela cartlização dos serviços, o que é um facto é que está errado!

Reputação 7
Crachá +6

Olá @Miguel Aljustrel, @Guimas e @Jose Rodrigues

@Miguel Aljustrel,  é normal os Termos & Condições serem atualizados. O serviço de  TV não se mantém sempre igual, estamos constantemente a lançar serviços e funcionalidade novas por isso é natural que lhe queiramos dar a conhecer as suas regras de utilização. Os Termos & Condições devem ser alterados sempre que se lançam ou se descontinuam serviço ou funcionalidades ou por imposição dos próprios fornecedores de conteúdos. Se não quiser mesmo aceitar não vai conseguir continuar  utilizar o seu serviço de televisão mas não há razão para não aceitar, não muda as condições contratuais que tem com a NOS. Para termos a confirmação que conhece as regras de utilização do serviço TV é preciso termos o seu consentimento.
Além disso,
será apenas um único anúncio e de curta duração. E nem todas as gravações terão publicidade.

Obrigada 

Reputação 6
Crachá

Olá, mas desde quando é que os conteúdos de gravação automática apenas são pertmitidos na sic e na tvi? Não estará com problemas no seu serviço?

Reputação 2

Olá @Miguel Aljustrel@Guimas e @Jose Rodrigues

@Miguel Aljustrel,  é normal os Termos & Condições serem atualizados. O serviço de  TV não se mantém sempre igual, estamos constantemente a lançar serviços e funcionalidade novas por isso é natural que lhe queiramos dar a conhecer as suas regras de utilização. Os Termos & Condições devem ser alterados sempre que se lançam ou se descontinuam serviço ou funcionalidades ou por imposição dos próprios fornecedores de conteúdos. Se não quiser mesmo aceitar não vai conseguir continuar  utilizar o seu serviço de televisão mas não há razão para não aceitar, não muda as condições contratuais que tem com a NOS. Para termos a confirmação que conhece as regras de utilização do serviço TV é preciso termos o seu consentimento.
Além disso,
será apenas um único anúncio e de curta duração. E nem todas as gravações terão publicidade.

Obrigada 

Curioso que já vi essa resposta antes. Ora segundo afirma acima, “Se não quiser mesmo aceitar não vai conseguir continuar  utilizar o seu serviço de televisão “...então mas eu contratei um serviço de televisão com umas condições, a NOS muda as mesmas sem avisar, questionar, fazer uma sondagem ou até mesmo pedir a opinião (já que passam a vida a oferecer serviços inuteis para uma fidelização de mais dois anos (de acordo com as vossas condições contratuais)) e não posso utilizar o serviço de televisão? É isso? Por mim tudo bem. É só reduzirem o preço da fatura. Não vou estar a pagar um serviço que não uso. 

Reputação 2

Olá, mas desde quando é que os conteúdos de gravação automática apenas são pertmitidos na sic e na tvi? Não estará com problemas no seu serviço?

Leu o comentário na totalidade que se encontra acima?

Reputação 6
Crachá

peço desculpa, tem razão. Reli e percebi o que queria dizer

Exmos. Senhores Prepotentes da NOS

É inadmissível que vocês, como ISP alterem as condições de prestação de serviços ( termos e condições) durante a vigência de um contrato e que entendam fazer o que vos da na real ganacom os vossos clientes, assumindo uma posição de indiferença face a lei e uma postura de prepotência relativamente a quem vos paga todas as mordomias. Digam-me uma coisa, por favor; então eu agora tenho que "partilhar" convosco o que estou a assistir em casa na segurança do meu lar e na minha privacidade de forma a que vocês me providenciem experiências de publicidade personanizada? Se eu quiser publicidade , vou aos cinemas e assisto a 20 minutos de treta ou já boa chega? Mais grave ainda, tenho que vos comunicar dados de utilização do serviço? Para consultar os termos e.condicoes, tenho que primeiro aceita-los e depois visializa-los? E já agora, onde estão esses ditos termos e condições que, graças à bosta dos vossos equipamentos, não se conseguem visualizar? Ou será que foi tudo pensado assim? Onde estão os meus direitos, liberdades e garantias consagrados na Constituição da República Portuguesa ? Os senhores podem não levar a vossa privacidade muito a sério mas eu ainda prezo determinados valores que as sociedades tendem a fazer desaparecer e que os senhores estão constantemente a violar. Aproveito para vos transmitir que esta reclamação/carta aberta será publicada em todas as redes sociais e que seguirá reclamação para as autoridades competentes não estando posta de parte a possibilidade de recorrer aos tribunais para reversão desta situação

Obrigado

 

 

 

Reputação 7
Crachá +5

@Nicky32  Onde será que os seus direitos, liberdades e garantias são postos em causa, pelo facto de aceitar assistir a alguns segundos de publicidade ? Prefere que a Operadora lhe aumente a mensalidade ? 

Reputação 7
Crachá +6

Olá @Nicky32 e @Jose Rodrigues

Movemos os vossos comentários para este tópico em que o mesmo tema se encontra a ser abordado. Desta forma, permitimos uma melhor organização do Fórum NOS. :blush:

Obrigada 

Vou apresentar queixas no portal das reclamações e ao provedor penso falar com a deco. Amanhã a nós muda de ideias e passa a usar de forma abusiva e coerciva esse método 

Reputação 7
Crachá +5

@João Jaime Fernandes  O problema não está na NOS todas as Operadoras vão implementar esse sistema dependendo da vontade dos canais. Nem todos os conteúdos terão publicidade, na medida em que os anúncios só serão apresentados em gravações de canais aderentes a esta iniciativa. 

Gravações automáticas nas boxes de TV vão passar a ter 30 segundos de publicidade

Meo, Nos e Vodafone vão passar a inserir 30 segundos de publicidade como condição de acesso às gravações automáticas em canais aderentes. A novidade já começou a ser lançada, conta o Expresso.

 

As gravações automáticas na televisão deram aos telespetadores a possibilidade de “fugirem” aos anúncios. Mas essa realidade tem morte anunciada. Meo, Nos e Vodafone, gestoras das três maiores plataformas de TV por subscrição em Portugal, vão inserir gradualmente anúncios publicitários de 30 segundos como condição de acesso a estes conteúdos em diferido, avançou o Expresso.

O jornal frisa que quem quiser ver um conteúdo gravado na box passará a ter de ver estes anúncios, sendo que os consumidores poderão apenas escolher se pretendem publicidade genérica ou anúncios personalizados com base no perfil de interesses do utilizador. O processo será levado a cabo de forma gradual, sendo que a Meo já começou a informar os utilizadores desta mudança, enquanto na Nos e na Vodafone deverá arrancar a 17 de agosto.

Nem todos os conteúdos terão publicidade, na medida em que os anúncios só serão apresentados em gravações de canais aderentes a esta iniciativa, salienta o Expresso. Na ótica das operadoras, esta é já uma tendência lá fora, sendo que a escolha e inserção dos anúncios ficará a cargo dos canais, titulares dos direitos de transmissão. Esta novidade, segundo o jornal, conta com o suporte da Accenture.

Reputação 7
Crachá +2

QUE PUTO DE PAGODE, é só o que tenho a dizer… 

E logo eu, que uso as gravações / pesquisa diferida para não apanhar com publicidade!!!

Isto vai apanhar também o acesso aos últimos 7 dias???

Impressionante… ao que isto chegou…

Não ligo a BOX há umas semanas…

Vou verificar isto!

Comentário