O Firefox 57 prepara-se para conseguir arrasar o Chrome


A guerra dos browsers tem estado acesa, com um foco cada vez maior na performance. A Mozilla esforçou-se para conseguir acompanhar a concorrência e fazer do Firefox um browser totalmente renovado.

Este esforço não parou e a nova versão, que em breve vai chegar, quer arrasar o Chrome e mostrar-se finalmente como uma proposta melhor. Terá um novo logótipo e também um novo nome: Firefox Quantum.

Ainda só chegou à versão beta, mas o Firefox 57 promete ser uma verdadeira revolução dentro da Mozilla e do seu browser. Para além das óbvias melhorias estéticas, com a interface Photon UI, a equipa da Mozilla aplicou-se a fundo na melhoria da performance.

Segundo as medições da Mozilla, o novo Firefox Quantum será duas vezes mais rápido que o Firefox 52, mostrando assim todo o trabalho feito e a forma como evoluiu.

São pequenas melhorias que foram aplicadas e que no geral conseguem dar uma nova vida ao Firefox, não apenas melhorando a performance, mas a própria estabilidade geral do browser. A maior delas está no fim da utilização de apenas um núcleo dos processadores, passando agora a usar a totalidade destes recursos.

Na verdade o objetivo da Mozilla é tornar o Firefox mais rápido que o browser mais usado e isso parece ter sido alcançado. Num teste real, que podem ver no vídeo abaixo, o Chrome acaba por ser constantemente batido pelo novo Firefox, prometendo muito para os utilizadores.

O trabalho da Mozilla incidiu na melhoria da gestão de memória, aproveitando o processamento dos vários núcleos. Esta melhoria consegue fazer com que o Firefox tenha consumos de RAM 30% inferiores ao Chrome. Há ainda um novo motor de CSS, mais rápido e mais eficiente.

Estas novidades vão chegar já no dia 14 de novembro, data prevista para o lançamento da versão final do Firefox 57. Até lá o novo Firefox vai estar em testes e a limar as últimas arestas. Esperam-se dias difíceis para o Chrome, isto se a Mozilla cumprir o que prometeu para esta versão.

Fonte: https://pplware.sapo.pt/browsers/firefox-arrasar-chrome/

5 Comentários

Reputação 7
Crachá +6
Pessoalmente utilizo mais o Chrome, mas vou experimentar o "novo" Firefox quando for lançada a versão final.
Reputação 7
Eu pessoalmente utilizo o Firefox desde que existe 2002 ou 2003 penso eu.:$
Eu já sou veterano do Firefox, tentei usar o novo Edge e foi um desastre, também tentei usar o Chrome, mas nao sei porquê nao me adaptei, e assim continuo com o velho Firefox.
O outro que ainda gosto de usar, principalmente para preencher o IRS, é o Internet Explorer, devido ao facto de ser um dos poucos a suportar o java.

O Chrome é um conhecido "comedor de memória" e "rouba" muitos dados aos utilizadores.

O Firefox, com este projecto Quantum, que já começou a ser implementado nestas ultimas versões, está tao rapido como o Chrome, come menos memória e tem mais respeito pela privacidade dos utilizadores.

O Edge, nem vale a pena falar, porque é mais um tiro no pé da Microsoft.
Penso que era melhor continuarem a desenvolver o Internet Explorer
Reputação 7
Eu profissionalmente utilizo o Internet Explorer 11 que vem escondido no W10.

O Edge concordo contigo, nem falo dele.

O Chrome nunca me adaptei a ele só por isso 🙂
Muita gente já dava o Firefox como acabado, mas com este projecto Quantum, conseguiu dar a volta e ainda vai ficar em primeiro lugar.
Grande firefox🆒

Eu também utilizo outro grande programa da Mozila, o Thunderbird.
Tive de passar para ele quando a Microsoft deu mais outro tiro no pé, ao acabar com um dos melhores programas de mail, o Windows Live Mail, e criando mais outra aberraçao chamada correio do windows 10:(

Este Thunderbird é o mais parecido com ele, e desde que este projecto se voltou a unir à Mozila, está a ficar muito bom:D

Comentário