Microsoft anuncia fim do desenvolvimento do Windows 10 Mobile


O Windows 10 Mobile, anteriormente Windows Phone, sempre viveu uma situação difícil. A adoção por parte dos utilizadores nunca foi muito expressiva, especialmente no mercado norte-americano, que é um mercado essencial para a Microsoft. Isto acabou por criar um ciclo vicioso e recessivo para a plataforma: a quota de mercado baixa leva a um desinteresse por parte dos OEM em lançar smartphones com Windows Mobile e também acaba por não ser compensatório desenvolver aplicações para a plataforma.

Esta complexa situação levou a que Joe Belfiore, um dos executivos mais importantes na Microsoft, anunciasse via Twitter que o desenvolvimento do Windows Mobile está definitivamente estagnado, não sendo de esperar novidades, funcionalidades nem novos dispositivos.

Joe Belfiore é Vice-Presidente corporativo da Microsoft e ontem publicou um conjunto de tweets que nos permitem tirar várias conclusões quanto ao futuro do Windows 10 Mobile.

As primeiras declarações inseriram-se no âmbito do atual enquadramento do Windows Mobile. Joe Belfiore defende que o Windows 10 Mobile já não é um bom sistema operativo para o consumidor comum, tendo estes melhores opções com mais diversidade de dispositivos e aplicações.

O Windows 10 Mobile neste momento está ajustado para o mercado corporativo, onde é mais importante ter um sistema operativo fiável, simples e bem inserido com os serviços da Microsoft, neste caso em particular.

As aplicações são um requisito essencial para os consumidores e o Windows 10 Mobile não consegue corresponder às necessidades nesse parâmetro.

Neste quesito das aplicações, Belfiore afirmou que nada mais podia ter sido feito pela Microsoft: pagaram a desenvolvedores para criar aplicações para Windows, codificaram as aplicações por eles, mas o volume de utilizadores era demasiado baixo para justificar o investimento na plataforma.

Quando questionado sobre o futuro do desenvolvimento e progressão do Windows 10 Mobile, Joe Belfiore foi muito direto e confirmou todos os indicadores que eram expressos pelas escolhas e decisões da Microsoft.

Belfiore admitiu que o desenvolvimento do Windows 10 Mobile se vai restringir a apenas atualizações cumulativas, correção de bugs e atualizações de segurança. Não é de esperar novas funcionalidades, novidades ao nível do sistema operativo nem lançamento de novos dispositivos com Windows 10 Mobile. No entanto, está garantido o suporte até 2019, pelo que receberá atualizações mais elementares e focadas na manutenção e segurança da plataforma.

Esta nova estratégia da Microsoft já tem sido delineada há algum tempo. Apesar de ter sido agora confirmada por um alto quadro da Microsoft, a estagnação no desenvolvimento do Windows 10 Mobile era notória e era também óbvia a incapacidade da Microsoft em lutar com o Android e iOS no segmento dos sistemas operativos móveis.

Windows 10 Mobile

Tendo perfeita noção disso, a Microsoft abrandou o desenvolvimento do seu sistema operativo e reforçou a aposta nos seus serviços ao disponibilizá-los nos seus concorrentes, de modo a garantir pelo menos que os utilizadores se mantêm no universo Microsoft.

Quanto ao futuro do segmento Mobile da Microsoft, certamente não passará pelo Windows 10 Mobile. As últimas tendências indicam que poderá ser o Windows 10 on ARM a garantir presença nesse segmento, com o lançamento do Surface Phone/Mobile.

Contudo, não passam de meros rumores e certamente este dispositivo Surface será também ele destinado ao mercado corporativo, não sendo por isso de esperar grandes trunfos e características destinadas ao consumidor comum.

Fonte
: https://pplware.sapo.pt/microsoft/microsoft-final-windows-10-mobile/

8 Comentários

Reputação 7
Ja era esperado... eu fuiutilizador do windows mobile 6.5 num htc hd2. grande equipamento, muito bom mesmo.Mas rapidamente fiquei desiludido com as aplicaçoes .
Nao vale a pena investir num equipamento com o windows 10 mobile, a Microsoft já perdeu esta batalha e o futuro reside no Android e no IOS.
Cada vez mais se confirma o fim do Windows 10 Mobile, aconselho a leitura deste artigo a quem quer mudar do Windows 10 Mobile para o Android.

https://pplware.sapo.pt/smartphones-tablets/android/windows-10-mobile-mudar-android/
Satya Nadella falou sobre Windows Mobile e o futuro da Microsoft

Satya Nadella, CEO da Microsoft, lançou recentemente o seu livro “Hit Refresh” e desde então tem marcado presença em várias entrevistas e conferências, onde naturalmente é questionado sobre a Microsoft e vários assuntos resultantes.

Nadella marcou presença na edição de 2017 da GeekWire Summit e falou sobre a abordagem da empresa no segmento dos smartphones, nas ideologias da Microsoft e planos futuros.

Durante esta semana foi anunciado, por Joe Belfiore, que o desenvolvimento do Windows Mobile vai ser finalizado e apenas serão lançadas atualizações de manutenção e cumulativas até ao final do suporte do Windows Mobile.

Obviamente isto gerou muito alvoroço e Satya Nadella era uma das pessoas mais requisitadas para prestar algumas declarações quanto ao tema. Na conferência GeekWire Summit, Nadella teve oportunidade para tal.

Questionado sobre a possibilidade de a Microsoft dominar e ser relevante no segmento móvel tendo em conta que no futuro deixará de ter um sistema operativo nesse segmento, Nadella foi muito direto na sua resposta, evocando até o passado da Microsoft.

Como todos sabemos, a Microsoft é uma empresa principalmente focada no desenvolvimento e distribuição de software. O que Satya Nadella pretende atualmente não é que os utilizadores usem o Windows Mobile, mas sim que usem os serviços e software desenvolvidos pela Microsoft no Android e iOS. Ou seja, manter os utilizadores dentro do universo Microsoft e retirar foco e encargos ao Windows Mobile.

Ao admitir que a Microsoft não tinha com o Windows Mobile uma quota de mercado que justificasse o investimento da própria Microsoft e das OEM em produzir hardware, Satya Nadella atira a toalha ao chão no que toca ao hipotético domínio do segmento móvel por parte da Microsoft. Algo que é expectável tendo em conta os últimos acontecimentos e decisões. Posto isto, é perfeitamente possível a Microsoft ter um papel com relevância no segmento mas é bastante improvável que algum dia o venha a dominar.

Sendo a Microsoft uma empresa tão ligada a domínios e ao futuro, Nadella afirma que a empresa já está a pensar mais à frente, a pensar e a apostar no que poderá ser a próxima grande tendência quando os smartphones perderem o seu trono. É aqui que entra toda aposta na Realidade Mista, na Inteligência Artificial e na Internet of Things, sempre com o desenvolvimento em conjunto com o software e serviços que tanto caracterizam a Microsoft.

Tal como conseguiu criar uma tendência de mercado com a gama Surface, a Microsoft tenta agora criar e explorar as tecnologias que poderão virar tendência e até substituir os smartphones como dispositivo dominante. Enquanto tal mudança no paradigma não acontece, a Microsoft tenta correr atrás do prejuízo ao disponibilizar vários produtos e serviços seus no Android e iOS, como o Edge, o Microsoft Launcher, o Office, OneDrive e muito mais.

Fonte: https://pplware.sapo.pt/microsoft/satya-nadella-windows-mobile-microsoft/
Hoje resolvi dar uma volta pela lojas online da NOS,MEO e Vodafone e reparei que já nenhuma delas tem telemóveis com o Windows Mobile, só Android e IOS.
Querem melhor prova que o Windows Mobile acabou?
Mais uma machadada no Windows 10 Mobile, dada pela própria Microsoft

A Microsoft retirou o suporte aos Lumia 640 e 640 XL.
Os unicos equipamentos que continuam a ser suportados, sao os seguintes:

-HP Elite x3
-HP Elite x3 (Verizon)
-HP Elite x3 (Telstra)
-Wileyfox Pro
-Microsoft Lumia 550
-Microsoft Lumia 650
-Microsoft Lumia 950/950 XL
-Alcatel IDOL 4S
-Alcatel IDOL 4S Pro
-Alcatel OneTouch Fierce XL
-Softbank 503LV
-VAIO Phone Biz
-MouseComputer MADOSMA Q601
-Trinity NuAns Neo

A Microsoft está mesmo com vontade de acabar com o seu próprio sistema operativo.:(

Fonte: https://www.neowin.net/news/microsoft-pulls-support-for-lumia-640-and-640xl
Reputação 5
Crachá +2
É mesmo uma morte já há muito anunciada, e bem lenta.
Fall Creators Update já chegou também ao Windows 10 Mobile

A Microsoft lançou, oficialmente para o público, a Fall Creators Update há precisamente uma semana, no dia 17 de outubro. Tal como tem sido comum, a disponibilização da atualização é feita de forma faseada e chegou agora ao smartphones Windows e ao Windows 10 Mobile.

São já vários os utilizadores portugueses que receberam a Fall Creators Update, instale já!

Para quem é membro do programa Windows Insider, a compilação que chega agora aos utilizadores comuns não é nova, tendo tido acesso a ela semanas antes do lançamento público. Posto isto, estes utilizadores já testaram a versão que chega agora aos utilizadores e confirmam as poucas novidades presentes, tendo sido uma atualização mais focada na aprimoração geral do sistema operativo, na estabilidade e correção de erros.

Para poder verificar se o seu dispositivo já está pronto para instalar a Fall Creators Update, deve aceder à Definições -> Atualizar e segurança -> Atualização do telemóvel. Neste menu poderá retificar essa mesma disponibilidade. Depois basta instalar, ordenar o reinicio do equipamento e o próprio Windows 10 Mobile tratará do resto.

e quer ter acesso à Fall Creators Update deve garantir que o seu dispositivo consta na lista seguinte, que abrange os smartphones elegíveis a receber, oficialmente, a atualização:

Lumia 950 XL
Lumia 950
Lumia 650
Lumia 550
HP Elite X3
Alcatel Idol 4S
Alcatel Fierce XL
VAIO Phone Biz
Trinity NuAns Neo
Softbank 503LV
Wileyfox Pro
MouseComputer Madosma Q601

Se o seu Windows 10 Mobile consta na lista, o mais provável é já ter a atualização pronta para instalar. Basta seguir os passos anteriores e confirmar esta suposição.

Para os smartphones que não marcam presença na lista, a hipotética solução poderá passar pelo programa Windows Insider, dependendo do modelo em questão.

Modelos mais recentes, como o Lumia 640, não têm acesso oficial à Fall Creators Update mas podem-na instalar facilmente através do Windows Insider. Para modelos mais antigos, como por exemplo o Lumia 1520, mesmo estando no Insider não conseguirá instalar a Fall Creators Update.

Nestes casos a única solução seria mudar o registo do smartphone, atribuindo um modelo mais recente e elegível, enganando desta forma o sistema. Esta é uma tarefa bem mais complexa e arriscada, não sendo aconselhado realizar tal procedimento.

As principais novidades estão inseridas no próprio núcleo do sistema operativo, resultando assim em novidades pouco visíveis e melhorias gerais na utilização. Para além disso, o Continuum recebeu pequenas novidades, entre as quais a possibilidade de escolher a orientação do sistema.

O seu smartphone Windows já recebeu a Fall Creators Update? Em caso afirmativo, o que está a achar da nova versão do Windows 10? Partilhe a sua experiência nos comentários!


Fonte: https://pplware.sapo.pt/microsoft/fall-creators-update-windows-10-mobile/

Comentário