Um péssimo exemplo de atendimento ao cliente no Departamento de Faturação pela colaboradora Inês Moreira

  • 8 January 2022
  • 1 comentário
  • 34 visualizações

Reputação 2

Como cliente NOS há muitos anos, tenho feito questão de indicar a minha preferência pela NOS a diversos amigos e familiares. Neste contexto, no dia 26 de novembro de 2021 negociei com a NOS dois novos contratos para primos meus que não eram clientes NOS, e que passaram a ser por minha influência e intervenção direta. Fui eu que negociei com a NOS os seus contratos e condições, e como são pessoas não muito habituadas a consultar email’s, utilizar as TIC, etc., tenho sido eu a fazer os contactos com a NOS, sempre que têm dúvidas. Tendo surgido dúvidas sobre o facto de ter sido ativado o pagamento por débito direto numa das contas e não na outra (quando tinha sido solicitado débito direto para ambos) e também na atribuição do crédito da 1ª mensalidade, liguei para a NOS, a pedido dos meus primos para esclarecer a situação. Fui atendido pela colaboradora Inês Moreira, do departamento de faturação, que não soube explicar-me o motivo de não ter sido ativado o débito direto numa das contas (tendo ficado então ativo agora), e esclareceu também a questão da faturação, embora eu tenha discordado veementemente da forma como as faturas organizam a informação, podendo induzir em erro de análise, tendo obtido uma resposta muito enfadada, dizendo secamente, que as coisas são assim mesmo e que a NOS não irá mudar nada, tendo mantido sempre um tom de evidente desagrado perante a minha insatisfação e indignação relativamente a toda a situação que estava a reportar. No final da chamada, solicitei o favor de me creditar o valor da chamada, até porque houve realmente uma falha em relação à questão do débito direto e a resposta da colaboradora Inês Moreira foi textualmente a seguinte: “ Não vou creditar-lhe o valor da chamada porque poderia ter obtido estes esclarecimentos através da aplicação ou da área de clientes!”. A senhora esqueceu-me de perguntar se os meus primos têm a aplicação instalada, se a sabem usar, se têm computador em casa, se têm telemóvel compatível, se conseguiriam ativar o débito direto sem ajuda, etc., etc. etc., comunicando apenas a recusa em creditar o valor da chamada, do alto da sua irritação, perguntando logo de seguida se podia ajudar em mais alguma coisa, como quem diz, “toma lá, embrulha, e não me demores muito que eu tenho mais que fazer!” Este tipo de atitudes e de funcionários, deixam uma péssima imagem da empresa, demonstrando que não têm qualquer vocação para fazerem o que estão a fazer: atendimento e apoio ao cliente (aos clientes que, no fundo, lhes pagam o salário!) Se a Inês Moreira tivesse tido a atitude exemplar da sua colega Samira Francês (do departamento Swat Móvel) que me atendeu há algum tempo atrás por outros motivos, teria tido direito a um sincero e merecido elogio aqui no Fórum (podem confirmar facilmente pesquisando pelo nome Samira Francês) e não este texto crítico que não podia deixar de escrever! E eu, como cliente e cidadão, tanto escrevo para apresentar uma reclamação como para fazer um elogio.

E tenho dito!

Ricardo Silva

Cliente NOS   XXXXXXX


1 Comentário

Reputação 7
Crachá +2

Olá @Richie,

Respondemos-lhe aqui: 

Obrigada

Comentário