Respondido

Atraso na portabilidade por parte da NOS obrigou a pagamento extra de contrato com a Vodafone


Exmo(a). Sr(a).

Venho por este meio reportar o caso do meu pai na altura em que decidiu aderir ao vosso pacote NOS 3 com TV, Telefone e Telemóveis (2). O meu pai modificou o contrato que tinha NOS 2 para o NOS 3 de forma a incluir o seu telemóvel e o da minha mãe no pacote. Acontece que os meus pais tinha um contrato (já sem período de fidelização) com a Vodafone e teve de ser realizado um pedido de portabilidade para os dois. O número da minha mãe ficou passado uns dias activo, contudo, por erro da empresa, para o número do meu pai não foi pedida a portabilidade de imediato, o que provocou que a Vodafone continuasse a realizar a facturação.

O meu pai deslocou-se à loja da NOS informando-se do que se passava e de como deveria proceder. Os funcionários fizeram logo o pedido de portabilidade e informaram o meu pai que deveria pagar as factura em atraso junto da Vodafone e entregá-la na loja da NOS para que esse valor fosse creditado na facturação do pacote NOS 3, uma vez que teria sido erro da empresa e já passaram alguns meses e nada aconteceu.

Gostaria de saber como pretendem resolver a questão e se o meu pai será reembolsado por este erro da NOS, sob pena de eventual rescisão do contrato.
icon

Melhor resposta por Mário P. 10 Janeiro 2019, 17:40

Bem-vinda ao Fórum NOS @Tatiana Dinis Ribeiro 🙂

Queremos ajuda-la.

Depois de lermos o que nos escreveu, concluímos que é preciso um seguimento individual. Pedimos que nos contacte, por favor, pois é a melhor maneira de resolver esta situação.
Saiba como aqui.
Ver pergunta inicial

2 Comentários

Reputação 6
Crachá
Bem-vinda ao Fórum NOS @Tatiana Dinis Ribeiro 🙂

Queremos ajuda-la.

Depois de lermos o que nos escreveu, concluímos que é preciso um seguimento individual. Pedimos que nos contacte, por favor, pois é a melhor maneira de resolver esta situação.
Saiba como aqui.
Exmo. Mário, já realizei um pedido de informação na área de cliente NOS. Fico a aguardar pela solução apresentada pela NOS.

Comentário